Missa do 21º Domingo Comum de 2019

0
191

A Santa Missa foi presidida pelo Pe. Ramos e organizada pela pastoral do meio ambiente e saúde(PAS).

No início da celebração,  o padre recebeu membros de pastorais e movimentos simbolizando a ação dos leigos na evangelização e como doação de serviços a Igreja. 

A celebração prosseguiu e a homília foi baseada na porta estreita para alcançar a salvação e atingir o reino de Deus.

O sacerdote iniciou a celebração perguntando quem foi que fez a pergunta a Jesus: “Senhor, são poucos os homens que se salvam?”, Qual seria o grupo que naquela época e também atualmente estaria interessado na salvação, perguntou o Padre Ramos aos paroquianos.

Ele lembrou que os judeus naquela época esperavam a vinda do messias e tinham certeza que a salvação era só para eles. Mas a resposta de Jesus para pergunta foi a seguinte: “siga-me, a porta é estreita, mas Eu sou o caminho”. Portanto, a salvação era para todos, não para um grupo específico. Relembrou ainda uma citação de Jesus: “Os primeiros serão os últimos e os últimos serão os primeiros”, e o sacerdote pontuou que os primeiros eram os judeus.

Prosseguiu  a homilia mostrando que atualmente devemos nos preocupar com as coisas que nos tiram da salvação: injustiças, corrupção, pequenas infrações no trânsito e em filas, dentre outras, algumas praticadas quando ninguém está nos vendo. Precisamos constantemente buscar a santidade, por em prática os ensinamentos do Mestre para conseguirmos entrar no Reino dos Céus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui